31 de Outubro de 2015

O Levante de Soweto

O_levante_de_Soweto_Combate_ao_racismo_ONG_Sao_Paulo

No dia 16 de junho de 1976, no bairro de Soweto, 20 mil estudantes sul – africanos protestavam contra o governo de minoria branca (17%), denominado apartheid. O regime de apartheid proibiu os estudantes do bairro de Soweto de continuarem estudando na sua língua “bantu”. O protesto legítimo foi recebido com muita violência. A polícia sul-africana investiu contra  estudantes desarmados  matando cerca de  600 jovens.

O levante de Soweto, na África do Sul,  marcou o início de uma série de revoltas. A reação da população negra  (80%) intensificou a luta pela libertação nacional e o fim do regime de apartheid.  No dia 16 de junho comemora-se o dia da Juventude Sul – Africana. A organização e resistência da população foram um passo importante para o fim do apartheid e conquista dos direitos de cidadania da maioria negra, da população sul-africana. Soweto tornou-se um símbolo internacional da luta contra o racismo.

Todo povo tem a sua história e nela encontramos episódios que  marcam a memória,   porque simbolizam o esforço coletivo para manter a dignidade de um povo contra um regime racista e segregacionista,o esforço  para manter a liberdade de uma nação e defesa dos direitos do cidadão.

O levante de Soweto tem esta importância histórica, por isso a nossa homenagem.

 


Voltar a página inicial